Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2012

As 180 do cuco

Imagem
O cuco era verde. Ou azul-esverdeado cor de céu à beira-bolor. A caixa-casa era castanha. Ou vermelha-acastanhada cor de sangue-seco. O relógio-parede não tinha cor. 
Era uma vez um cuco que sofria de bichos de carpinteiro e de cancro nos pulmões. 
 Ao canto da sala na caixa-casa do relógio-parede tossia horas e meia horas em tom expecturado-serradura e lamentava-se da lentidão do pêndulo, o qual já se encontrava metastizado pelo enjoo do vaivém. A corda, essa, já rangia velhice quando se puxavam os pesos que não passavam daqueles que a consciência às vezes tem.  Mas sem mais demora, o cuco era paliativo e as 180 vezes angustiavam todos os minutos do dia que se situavam entre as entradas e as saídas, entre a comichão do caruncho e as pinças do seu caranguejo e por isso começou a fumar a serradura que expelia. Se o mal que saiu voltar a entrar deixa-se de ter espaço para novos males e assim, ao menos, o mal faz-nos sentir bem pela familiaridade.  Hoje, finalmente e sem muito para cont…

ENTRE A LUZ E A ESCURIDÃO

Quando nascemos somos abençoados pela luz e amaldiçoados pela escuridão.


- Ouvi falar de uma mulher cujo Dom é o de conseguir apaixonar-se de verdade. Mas a sua maldição é apaixonar-se sempre por homens tristes.

- Isso não é um Dom, isso é pura estupidez. Qualquer bruxa o sabe. Há melhores maneiras de passar o tempo. E já agora qual é o interesse dos homens tristes?

- Não sei. Pelos vistos a mulher também não sabe. Acha que lhe rogaram uma praga, que foi amaldiçoada quando nasceu. Que é kármico. Que a nuvem negra por cima das cabeças é um presságio de grande profundidade filosófica, de algum tipo de sabedoria das coisas do mundo que lhe está vedado, que só através desses homens conseguirá ascender a um plano superior do conhecimento...

- Tretas. Cá para mim a mulher devia olhar-se ao espelho e apaixonar-se pela vida, que só é triste se deixarmos. Podemos sempre escolher a alegria ou a tristeza, depende da nossa vontade.

- Vai lá dizer-lhe tu isso, pode ser que ela se convença e deixe de …