Menina da escrita





Disse o coração à Senhora desperta...
"Querida, por que reclamas tanto?
Qual é o motivo de tanta gritaria?
Acaso achas que a menina da escrita do Universo é surda?
Pára os lamentos e vem mergulhar nas ternas águas das letras do amor.
Vem banhar-te nas águas da compaixão das palavras escritas que tudo curam.
Ela envolver te a num abraço largo de palavras sentidas.
Estará contigo na aventura de servirem na luz as personagens criadas dos seus contos e historias.
Viajaram juntas na letra de uma canção de amor.
A menina da escrita do Universo perguntou por ti ainda há pouco.
Não queres vir ter com ela?
Acalma teus pensamentos agitados.
Nada é teu, ou dela.
Que tal juntares te a ela nessas praias de escrita divina?
Não queres assistir ao despontar do sol das palavras escritas daquela que nos leva aos horizontes de nossas aspirações espirituais?
A vida não é um ringue! Não estás aqui para vencer ou perder.
Estás aqui na vida só para aprender...
Pára de guerrear pelas ilusões e vai com ela desperta na sua escrita. É uma oportunidade maravilhosa!

Desperta e relembra aos homens que sem amor ninguém segue...
Leve-os a nadar contigo pelas águas da compaixão e mostra-lhes a luz da sabedoria, que aprendeste com a menina da escrita do Universo.
Vá, Senhora desperta.
Sim, sem amor, ninguém segue...

Comentários

  1. "Vá, Senhora desperta.
    Sim, sem amor, ninguém segue..."
    Um grande sorriso assim que li "Senhora desperta"... Fiquei feliz por teres aceite o desafio de escrever sobre esta tua personagem... Todas as perguntas do teu texto têm resposta. Consegues(como sempre) criar as respostas nas entrelinhas. Muito obrigada, Natália, pelo texto e pela menina da escrita do universo :)

    ResponderEliminar
  2. Natália...lindo!!!!! Nesta vida estamos cá para aprender e para seguir a luz, como dizes e bem a luz da sabedoria. Fiquei emocionada com a mensagem por detrás destas lindas palavras...parabéns doce Natália!!!!!

    ResponderEliminar
  3. As águas da escrita não lavam tudo, mas trazem e limpam muito. É esse ritual de pureza que tu nos trazes nos teus textos, sempre fiéis à tua filosofia de iluminação: "A vida não é um ringue! Não estás aqui para vencer ou perder. Estás aqui na vida só para aprender..." Aprendo sempre contigo. :)

    ResponderEliminar
  4. "Desperta e relembra aos homens que sem amor ninguém segue..."

    Penso que o primeiro despertar surge quando nascemos, o teu nome mostra como estás desperta.

    Só tenho que te agradecer o privilégio que é ler-te. Obrigado por partilhares e permitires que aprenda, a cada palavra, contigo, com a tua "calma"/sabedoria. Tu sim és iluminada Natália.

    ResponderEliminar
  5. Cada vez gosto mais da tua escrita, Natália. E já sabes que adoro quando andas pelos caminhos da poesia. Se voltas a dizer que escreves mal vou ter de colocar de lado os teus ensinamentos e zangar-me contigo. ;)

    ResponderEliminar
  6. Fizeste-me abrandar o ritmo........eu que vivo a uma velocidade alucinante. grata por isso. E por muito mais. por toda esta paz que me (nos) dás.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

#LoveLetter_AITD