domingo, 1 de maio de 2011

The Scent of Love











Um piano.
O sol tenta aquecer
a minha solidão,
uma musica
diferente
toca-me.

Algo estala dentro de mim,
uma
suavidade terna
solta-se do céu
e
espalha-se pela manhã...

Água nos espelhos
lágrimas escondidas
o nó
na voz,
a garganta que dói...

A musica continua
doce adormecer de sorrisos
lilases orvalhados
um gostar submerso,
confusão,
esquecer.

O dia parece luminoso.

C



a




i





a transparência
do céu,





a




z




u




l





até doer.

2 comentários:

  1. Gosto muito, principalmente das palavras finais. Um caderno de capa negra com muitas cores :)

    ResponderEliminar