Mancha Negra









É como se uma rédea pudesse travar o raciocínio lógico. E este relinchasse prolongadamente, reverberante, em intervalos regulares.
Como se um chicote ameaçador te castigasse os neurónios.
É como se um torno invisível te apertasse o crânio.
Como se os pulmões fossem mungidos por uma maquina industrial como tetas de vaca.
É a garganta seca como cortiça e apertada por uma entidade alíen que não vês mas pressentes. É o hálito insuportável e os testículos reduzidos a ervilhas. Os pés como tijolos, e as mãos como balões. É como ter vontade de vomitar durante 24 horas, 24 minutos, 24 segundos, 24 centésimos, 24 décimos e 24 milésimos por dia.

E é assim à 40 anos. Diga-me sr. doutor, estarei a morrer.

Comentários

  1. one step further down the spiral

    .. não estamos todos?

    ResponderEliminar
  2. Força de vida, que jamais acaba com morte...

    gosto!!

    ResponderEliminar
  3. Ainda está muito longe de morrer... Se sente isso tudo é porque ainda está muito vivo :) Vivo como o texto, mas sem o sofrimento de pensar que vai morrer... o texto fica sempre

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

#LoveLetter_AITD