Olho para ti - simplesmente

Olho para ti e penso que toda a beleza do mundo se espelha no teu rosto redondo

Olho para ti a dormir e quero congelar o momento, tão doce, antes que acordes

Olho para ti, comovo-me e choro desvairada e sem razão, por te amar tanto e não saber parar

E saber que chegará um dia em que não mais poderei contemplar o teu rosto adormecido

Olho para ti e peço a um ser superior que me conceda serem primeiro os meus olhos a deixar de ver,

Porque continuar a ver sem poder olhar o teu rosto perfeito enquanto respiras, seria pior do que morrer.

E nada mais do que tu importa, porque és melhor que o meu ser imperfeito, e em ti me transcendi.

E nada é tão simples como saber que este amor é eterno e maior do que o calor das estrelas.


Olho para ti, minha filha, meu amor.

MM Dez 2011

Comentários

  1. Aquele texto que todas as pessoas com filhos, em algum momento, tentaram escrever. É difícil encontrar estas palavras.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Sandra Monteiro. O amor que se tem a um filho é o mais puro e o mais inteiro que existe. Só descobri que existia um amor assim quando a minha filha nasceu. É o milagre da vida, de facto :).

    ResponderEliminar
  3. Belo. e sim, serem os nossos olhos os primeiros a fecharem-se. porque tudo o mais é inconcebível.
    (Li com coração de mãe e olhar de quase avó(que não sei bem o que é:-))

    ResponderEliminar
  4. Olá AnaMar...imaginho que ser avó deva ser um alívio, um doce sublimar das dolorosas e maravilhosas angústias de ser mãe, sem tanta responsabilidade mas com o mesmo amor a duplicar, e a certeza de que algo do que demos e temos de melhor em nós irá prevalecer nesta Terra... também espero lá conseguir chegar um dia!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

#LoveLetter_AITD