Resposta ao desafio " Brinca comigo" 1ª parte



Brinca comigo
Estas a ouvir
Brinca comigo
Estou aqui para ti
Como o João ratão esta para a carochinha
Como a branca de neve para os sete anões
Brinca comigo
Ninguém liga ao que eu digo...

O pequeno almoço- gritou o tio,mal a viu aparecer- E não fiques a espera que as ervas cresçam!
O tio era careca e não tinha dentes, tinha uns braços enormes e os músculos que quando se mexia pareciam serpentes.
Come rapariga!!
Sim tio
Ovos e presunto,café ,pão e doce de ameixa.
Despacha te com essa comida, rapariga - ainda agora saíste do quarto e voltas para la!

O meu tio é um monstro só se ri quando esta satisfeito consigo mesmo.
Sai da mesa,sai rapariga, vai la para fora anda vai brincar...
Tenho tanto medo...vivo apavorada quando ele entra no meu quarto.
Vamos brincar...

( continua )

Comentários

  1. Um poema que olha de frente para aqueles aspectos da natureza humana onde a luz não entra... Incomum na escrita da Natália... e tão interessante.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

#LoveLetter_AITD