Pimentas Sonoras





De repente, os dias parecem mais cheios de sons, e os sons parecem menos melodia e mais algazarra.

Estranhamente, também se sentia mais e mais.surda! "Pode repetir, por favor?", "Hã?", "Quê?" um pouco depois, sussurrava para si mesma, os ouvidos cansam.

Ou talvez precisem de novos sabores, experiências exóticas, pimentas sonoras.

Um silêncio absoluto,interrompido apenas pela fala da água, dos pássaros, do vento. a música do universo quando os humanos se recolhem.

Mas não existe o tal silêncio absoluto, ela sabe, mesmo assim - de que outra maneira falar das grandes aventuras, sonoras... o som dança no ar e só no vácuo seria possível experimentar a quietude mais completa.

Ela gostava de construir simulacros imperfeitos desse silêncio e dizia que a música e a gargalhada são as únicas coisas que não precisam de significar nada!


Andava obcecada com o silêncio. De repente, os dias parecem mais cheios de sons, e os sons parecem menos melodia e mais algazarra.


Pensando bem, antes que o silêncio a envolva, saiu à caça de pimentas sonoras para ouvidos cansados de monotonias...

Comentários

Enviar um comentário