segunda-feira, 8 de agosto de 2011


Botão, fui de férias.
Estou a gostar muito de estar em camisa às riscas. Aluguei o terceiro botão a contar do colarinho e a vista daqui é de puro algodão.
Nas férias passadas tinha ficado no punho do lado esquerdo e aquilo foi de bainha descosida à nódoa tal eram as náuseas devido aos balanços. Assim, pelo menos, este ano não corro o risco de vomitar um desabotoamento.
Espero regressar antes dos dias frios começarem aí em camisa de flanela. Até lá, mexe-me esses dois buraquinhos e vê se tiras o borboto do quintal do caseado.
Mas fica aqui prometido, vou levar-te como prenda uma linha nova para deixares de ameaçar esse suicídio frouxo. Palavra de Casa.

Muitos abotoos e até breve.

8 comentários:

  1. Tu eras capaz de deixar até o dicionário da academia sem palavras para descrever os teus textos. Manda mais postais TiiL, por favor...

    ResponderEliminar
  2. Como se comentam estas palavras?!
    já li 3 vezes!

    ResponderEliminar
  3. Tu fazes batota, só pode, tens ai umas cenas mágicas em Vipasca e não partilhas, és má!

    ResponderEliminar
  4. espero mesmo que seja ate breve... um aboto beijado para ti:)*

    ResponderEliminar
  5. É sintetico como um postal, a mensagem está lá e a criatividade é imensa.

    ResponderEliminar
  6. Deliciosamente abotoada com este maravilhoso Postal. ler-te é...


    Anamar (por qualquer razão, não consigo que a identificação permaneça:-(

    ResponderEliminar
  7. simples, belissimo e genial: a tua marca-d'água. E escreves como se bebesses água...
    Adoro ler-te. :)

    ResponderEliminar