umbigo de "Há dois egos atrás"

Buuuuuuuuuu,

Antes de qualquer conversa devo dizer-te que te prefiro de cabelo e unhas arranjadas. Gosto quando gostas de ti, quando lavas a cara com água fria e as mãos com cheiro alfazema. Gosto das sardas na cara, do sinal no braço e dos dentes ligeiramente abertos na frente. Quero que sejas tu, queres-me?

Ainda não o conheces, vai cair-te aos pés pelo odor corporal e sorriso escondido. Nove meses antes de mim faz amor no terraço porque lá o tecto muda todos os dias e a luz é suficiente para que ele te veja os olhos e a silhueta do pescoço. Não o vais amar, nem vais ser feliz ao seu lado. Amas-me? Eu amo-te em cada riso gengival.

Peço-te desculpa pelos enjoos matinais, a pressão sobre a bexiga, o parto difícil e o facto de teimar em não dar a volta completa. Quero nascer por onde foste fecundada, mas herdei a elasticidade do pai e a preguiça do tio.

Ah! De noite quero ovos estrelados, salsicha, feijão e batido de banana.

Devo no entanto dizer-te que a foto de barriga em fim de gestação que me enviaste do Japão em casa de Gueixa, tem nas costas 04/04/2014. Não gosto de dias certos. Subtrai um ano, soma três meses e multiplica 6 dias.

Quero ficar com o teu nariz, o dedo mindinho e os olhos negros (no dia 24/07/2013 deita-os ao meu lado, por favor).

Vou ser Gertrudes (não gosto de Zeferino) e não serei nem santa nem princesa, não serei feliz todos os dias e triste todas as noites, não serei especial nem diferente excepto aos olhos que deitas a meu lado.

Gugu dada bilu bilu brrrrrrrr,

Feto por fecundar


PS: Dás-me um beijo na nuca?

Comentários

  1. Sê bem-vindo Há dois egos atrás. Muito bom este texto. Suave, mas com algumas fortes pinceladas de realidade, daquelas com muita tinta (em que não é a mão a pintar). Gostei muito do texto e da Gertrudes.

    ResponderEliminar
  2. Escrita num jogo de palavras embrulhada!
    Muito bom!!!!

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigada pelos comentários. Gostei muito desta ideia. Adoro escrever postais :)

    ResponderEliminar
  4. Bem, se é "obrigada" desculpa o "bem-vindo" então. :P. Não sei bem porquê, imaginei um autor.

    ResponderEliminar
  5. Muito bom este postal, algo me diz que a realidade e a ficção se entrelaçam!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário