Musical(idade)

Choro do colo perdido

abraços (de) passado(s).

Corro de encontro ao espelho

pelo caminho de reflexos

tardios

baços

nos espaços

luzidíos

e

brancos

os

olhares de navios

que ondulam (n)os teus cabelos

crespos

os sorrisos

lestos

os

p

a

s

s

o

s

que desviam os teus dedos de pianista

das minhas mãos

de musica.

Comentários

  1. bonita estética e musicalidade, um poema

    ResponderEliminar
  2. Na horizontal, este poema podia ser um traçado cardíaco... batimentos ao som da Mus...(inspiração) :)

    ResponderEliminar
  3. Como fotos antigas num álbum com uma caixa de música a soar atrás. Lindo, parabéns.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

#LoveLetter_AITD