O Regresso dos Heróis: Memórias de Batalhas Esquecidas, em 4 Actos

(Nosound - Fading Silently)


Acto I: Em ombros

O ranger do soalho acompanha o ranger das portas da memória, à medida que estas se entreabrem com o soar dos passos sob o alpendre. O aproximar do mensageiro acelera o pendular ritmado da cadeira de baloiço.

Nada lhe importa agora. Nada se sobrepõe à sua memória, que agora flui selvagem entre as portas escancaradas, varrendo qualquer esperança ou cor. O Mensageiro está à porta. Ela sabe o teor da missiva. Ela sabe o que a espera. E sabe, no íntimo recanto do seu peito onde antes o guardava que não mais o irá esperar. Ela sorri, ansiosa. Levanta-se, com a calma solene do olho da tempestade, apoia os seus braços cansados de preces incontáveis sobre os apoios gastos do berço áspero em que se aninhava noite após noite de espera e ilusão e, como Cleópatra aceitou o cesto de figos onde vinha a áspide, também ela irá aceitar a carta.

O texto não a surpreendeu, chocou ou sequer a comoveu. Dizia o que ela já sabia desde o dia em que ele partira. Algures, num país longínquo, agreste e em caos, morrera em combate o homem que um dia a tinha beijado na boca pela primeira vez, que um dia lhe tinha oferecido flores silvestres pelo aniversário, que um dia se zangou com ela quando desabafou que não se achava bonita, que um dia lhe secou as lágrimas com um sorriso meigo, que um dia a tomou no altar e que um dia partira para a guerra…

No dia do funeral chovia ininterruptamente, o céu desabava sobre os poucos que se aglomeravam para ver passar o cortejo. Em ombros, era levado o caixão de um soldado, perante os olhos de sua viúva, triste como a noite que para sempre iria cobrir os restos mortais de mais um herói que regressava tombado, morto por gente que nunca conhecera, por razões que nada lhe diziam, lançado às feras, um gladiador perdido numa terra distante...

Comentários

  1. Uma triste realidade belamente descrita.
    Aguardo continuação.

    ResponderEliminar
  2. Muito bom. Pena é ser curto. :)
    Descrições cinematográficas. Adoro esta tua habilidade de me fazeres ver filmes. Mais!

    ResponderEliminar
  3. muito bom!! espero a continuação...:

    ResponderEliminar
  4. Como já não me arrisco a prever o caminho que seguirão as tuas histórias e esta começou muitíssimo bem, será que era possível continuar?....Se faz favor...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário