Suicidal Way




Suicidal Way (1)

A denial
On the verge of pain
An opportunity
To live again
A simple thought
On the turmoil of despair
A hidden way
To release the strain
Of dark emotions
Pushing us away…

2010-11-07

Suicidal Way (2)

You know
I just can't stay
It's my suicidal way
And that's why
I can't play anymore
Cause I know
As you also know
There are things to do
And there is a way to go
Before and after the flow
Forever and more
We have to stay
No more and no less
Than the time to find the way
And when we find it
It will be time to leave
And to touch another Way!
...
(And by the way
Where's the next way?
As a friend might say:
Which way from here?
Well, I know another way!
And life, if you may,
Is such a kind of suicidal way.
There's always a way
With no way out...)

2010-12-31

Comentários

  1. Fantástico :D
    só uma pergunta, como é que dois loucos de histórias diferentes e de autores diferentes, podem ser tão semelhantes? :)

    ResponderEliminar
  2. Talvez não sejam assim tão diferentes...
    Em qualquer caso, os extremos tocam-se :)

    ResponderEliminar
  3. não sejam assim tão diferentes em que ponto? evolução análoga de dois loucos em dois escritores que adquiriram as mesmas características embora evoluindo de pontos diferentes? (eia, a biologia aplicada à escrita, cool :P)

    ResponderEliminar
  4. Great!
    Obrigado pelo convite
    e os meus votos de que MMXI
    seja uma Grande Porta de Esperança
    para este nosso mundo
    que tantas vezes aponta
    para um "Suicidal Way"...
    Ab,
    Filipe.

    ResponderEliminar
  5. «Which way from here?»...«a way with no way out»...fantástico.
    Vejo que tenho perdido algumas coisas bem interessantes por aqui...ando absorvida pelo trabalho...até podia contribuir, penso eu, mas...

    ResponderEliminar
  6. Há "suicídios" que vêm por bem, principalmente a sua forma...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário