Bilhete


Para uns um barco
Lento,
Para outros avião
Apressado,
Para os demais comboio
Regular,

Não tem porto ou aeroporto
Nem pára na estação

É qualquer coisa sentida
Por vezes perdida
Bilhete? Só de ida.
Sem retorno
A vida.

Comentários

  1. bem finalizado, excelentes os três versos finais. E muito verdadeiros.

    ResponderEliminar
  2. Apanhei este bilhete... gostei do ritmo que criaste no fim do texto (início da viagem)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário